Mestre dos Centavos

Sem medo, sem desculpas, apenas resultados.

sábado, 28 de novembro de 2015

Dicas de um agiota, Conselhos do submundo parte I

Buenas Confrades

Hoje em primeira mão venho por meio deste anunciar uma parceria que fiz com meu amigo Capitalista Pobre onde iremos expor nossas experiências no submundo da maracutaia agiotagem. O post será dividido em duas partes onde discutiremos sobre os nossos métodos para com esta prática. 


Credito de imagem: Dudu Ferraz: http://montagensetextos.blogspot.com.br/

Meu amigo Capitalista é mais técnico em seus métodos já eu sou mais conceitual, então pensando assim resolvemos fazer uma fusão de ideias e vamos discutir esse tema em dois posts. Eu abordando a parte conceitual na parte I e o Capitalista abordando a técnica na parte II.

Então para os senhores terem acesso ao pacote completo terão que acessar os dois blogs e lerem sobre o assunto em suas diferentes vertentes. A parte do Capitalista será lançada na próxima semana.

Agora vamos direto ao assunto...

Muitos soldados da blogosfera tem dúvidas e receio sobre o que tange a agiotagem, apesar de muitos terem vontade de dar um upgrade na bufunfa e vê-la crescer um pouco mais rápido se sentem receosos em praticar a agiotagem com medo de perder seu tão suado dinheiro. Nada mais natural eu diria. Porém felizmente mesmo para aqueles mais temerosos existem meios de neutralizar o risco do calote botando em prática alguns cuidados. Cuidados esses que serão discutidos a seguir.

Grandes empréstimos: Cabe dizer aqui que não aconselho emprestar grandes quantias pois além da margem de lucro ficar reduzida o risco de perda é mais forte.  Para quem dispõe de uma quantia superior a 100mil reais eu não recomendo a prática de agiotagem pois é muita grana para estar distribuída na mão de poucas pessoas. Neste caso partir para renda fixa ou ainda a renda variável é mais aconselhável.

Comece com pouco: Eu comecei assim, a primeira grana que emprestei foi 100 reais para receber 110 no mês seguinte, ou seja, 10% ao mês. Fazer pequenos empréstimos é mais vantajoso do que realizar grandes empréstimos pois as próprias pessoas estipulam o quanto elas vão pagar, na maioria das vezes elas mesmas falam quanto vão pagar tipo “Você me empresta 500 que te pago 600 em duas vezes de 300”. Pequenos empréstimos são mais rentáveis e são pagos em menos tempo.

Medo de emprestar: Agiotar é para quem tem sangue frio, se você não for uma pessoa paciente e calma nem adianta começar. Ao mesmo tempo você precisa demonstrar confiança e pulso firme para a pessoa a quem lhe solicitar o empréstimo. Emprestar para estranhos só se você for dono de uma financeira, mas como não é o caso recomendo se limitar a família, amigos e colegas de trabalho. É importante dizer aqui que esse povo precisa estar trabalhando, tem que ter bom histórico de tempo na empresa, é necessário saber a localização de todos, e se possível o motivo do empréstimo. Você não precisa dizer diretamente mas nas entrelinhas a pessoa terá que perceber que se não te pagar terá problemas.

Faz com jeitinho, como no vídeo abaixo. 




Quanto emprestar: Essa aprendi por experiência própria, emprestei quase tudo o que eu tinha disponível e quando precisei do dinheiro eu estava descapitalizado, essa é uma das desvantagens desta modalidade. Sugiro separar de início cerca de 50% do seu patrimônio para esta modalidade e o restante para outras aplicações com maior liquidez.

Quais taxas praticar: Não existe uma taxa pré definida para isso, vai do bolso de cada um, na maioria dos casos como costumo emprestar somente valores pequenos as próprias pessoas estabelecem quanto vão pagar, porém há casos de empréstimos maiores com prazos mais alongados ai sugiro o bom senso de cada um para não extrapolarem muito. Como a renda fixa ta pagando em média de 1% ao mês eu sugiro para empréstimos com prazos superiores a 6 meses a taxa de 4% ao mês.  Em uma simulação de você investisse R$ 1.000,00 na renda fixa terá ao final do prazo de um ano o valor de R$ 1.126,00. Agora se você emprestar este mesmo valor no mesmo prazo mas com a taxa de 4% você terá no final a quantia de R$ 1.600,00. Nada mal.

Medidas preventivas:  A questão da certeza de receber a grana de volta é a mais preocupante por isso a necessidade de medidas de segurança se fazem necessárias. Além dos conselhos que dei anteriormente sobre a quem emprestar e em quais condições deve se também acordar alguns detalhes antes de finalizar o empréstimo. Muitas vezes acontece do indivíduo não ter o dinheiro para pagar a parcela do mês, para este caso eu procuro estabelecer uma multa de não pagamento de dívida, por exemplo se o sujeito tinha que me pagar uma parcela de 300 reais e não pode ele terá que no mínimo pagar uma taxa de 50 reais para poder jogar sua parcela para o mês seguinte. Isso não quer dizer que ele terá que pagar 600 reais e sim 300 pois a dívida foi alongada por um mês a mais.

Notas promissórias: É também uma alternativa de segurança, pois como diz o ditado “O seguro morreu de velho”. Tem muito site na internet que disponibiliza modelos de notas promissórias e caso o sujeito não pague você poderá protestar o valor em tabelionato e receber pelo menos o valor que foi emprestado corrigido por no máximo 1% ao mês. Segue um link de exemplo: http://www.diretorio.org/nota-promissoria.html

Agiotar não é algo que se deve fazer pelo resto da vida, essa prática é só para ajudar a alavancar mais rápido o seu capital, ela é muito boa para quem está iniciando no mercado pois faz o bolo crescer de forma mais rápida. Depois de conquistado um determinado valor é inteligente migrar para outras fontes de renda que possa fazer seus patrimônio crescer de forma constante e segura. Você não precisa abandonar totalmente esta prática caso venha dando certo, pois é só destinar um percentual do seu patrimônio para esta modalidade e o restante em outras formas de renda.


E para finalizar trago hoje um clip do Pink Floyd com a musica Money com imagens maravilhosas de um mundo ainda nunca conhecido por nós meros mortais. O mundo do dinheiro. Quem sabe um dia!



Não se esqueçam que ainda terá a parte II sobre este assunto que será lançado em breve no blog do meu amigo Capitalista pobre, segue o link:

 http://capitalistapobre.blogspot.com.br/

Bons Juros!!!




sexta-feira, 13 de novembro de 2015

COMO SE APOSENTAR BEM COM APENAS UM SALÁRIO MÍNIMO?

 Pobretões no meu Brasil varonil...

Primeiramente gostaria de salientar que eu não me considero investidor nem especialista em porra nenhuma em se tratando de finanças. Este post será endereçado principalmente para a galera que ganha abaixo dos 3 conto mas se mesmo assim vocês quiserem ler fiquem  a vontade pois aqui é um espaço democrático porem  o que tenho a dizer não é segredo para nenhum investidor.  Como todos sabem a maioria dos blogs de finanças falam de ações, FII, CDBs etc... e esse não é o meu forte.  Sou novo na área e o que compartilho com a galera são pequenos pedaços de informações capturados aqui e acolá. Caso eu esteja errado em alguma informação por favor me corrijam.

Dito isso vamos ao texto.

Pensando no meu futuro onde poderei finalmente me esticar na rede e ter as minhas férias permanentes resolvi escrever este post afim de compartilhar com os senhores o meu plano mirabolante para a minha aposentadoria.

É do conhecimento de todos que não passo de um zé ruela com alguns centavos guardados a custa de muito suor e lágrimas. O fato é que ganho mal e meu salário atual de cerca de 2 conto nunca irá nem em sonho me proporcionar o luxo, a riqueza e o requinte que muitos de nós almejamos.


Um sonho de muitos


Não tenho mais saco pra voltar a estudar fazendo uma outra faculdade ou procurar um outro emprego melhor remunerado. Detalhe: O melhor remunerado aqui na minha região não passa de 3k dado a minha formação. Ou seja, melhor não trocar o certo pelo duvidoso.  Concurso público  ainda que não deixe de ser uma alternativa para aumento de renda é para poucos. Empreender seria uma outra alternativa mas não disponho do capital e nem tino para tal feito.

Devido a tudo isso comecei a matutar sobre as possibilidades que ainda me restam e o que eu poderia fazer para ao menos amenizar a minha situação no futuro pois como todos sabemos a tia Dilma dificultou ainda mais as regras para se aposentar e a partir de 2027 só poderá se aposentar por tempo de contribuição e com 100% do fator previdenciário quem tiver  a soma de 100 anos dividido entre tempo de contribuição e idade.  Para ser mais claro se por exemplo você tiver 35 anos de carteira registrada terá que ter no mínimo 65 anos de idade para se aposentar. Ou seja, Fudeu.




 isso é sacanagem pois conheço muitos tiozinho que male má chegou nos 60 e já tão tudo com o pé na cova, imagina tendo que trampar até o 65? e mais, isso se não mudarem e piorarem ainda mais as regras pois como todos sabem a situação da previdência já é insustentável pois hoje ela consome cerca de 19% do PIB e a estimativa para 2040 é ela consumir de 47% a 54% do PIB. Resumindo: Não vai ter para todo mundo pois estudos apontam que a grande maioria da população brasileira economicamente ativa hoje (jovens, ou seja, a gente porra) estarão na idade para se aposentar.  Mas com este quadro nos esperando vai ter muito vovô beta passando necessidade na rua.




Como eu não quero pagar pra ver se tudo isso vai realmente acontecer eu é que não  vou ficar de braços cruzados esperando o tempo passar e vendo a coisa ficar preta. A alternativa que encontrei se é que se pode chamar disso é usar o salário mínimo para fugir dessa enrascada.

Primeiramente se você é jovem abaixo dos 25 anos melhor ainda pois se eu que tenho 30 ainda tenho esperanças imagina você. Segundo que dificilmente você ganha menos que um salário mínimo, pode ser milão, 2 conto como eu, 3 barão, 4k e assim sucessivamente... Se você ganha menos que um salário mínimo não se preocupe pois creio eu que você seja jovem e com o tempo ganhará experiência e maturidade para almejar maiores salários. Mas se tu já tiver na casa dos 30 e ainda ganhar menos de 1k corre porque se não o baguio vai ficar loco pro seu lado irmão.

Então vamos lá.

O título "COMO SE APOSENTAR BEM COM APENAS UM SALÁRIO MÍNIMO" que está na forma de uma pergunta não necessariamente se trata de se aposentar ganhando 788 merrecas reais. Você vai se aposentar sim, ma não apenas com um salário mínimo mas com vários salários. Vamos esclarecer isso.

A parada irá funcionar da seguinte maneira:

·         Você terá que aportar todo santo mês o valor condizente a um salário mínimo em alguma aplicação que renda no mínimo 1% ao mês SEM descontar a inflação. Nos dias de hoje sugiro tesouro direto.
·         Toda vez que o salário mínimo for reajustado você também reajustará o aporte.
·         Faça isso por 20 anos.
·         Logo em seguida se aposente.

Simples assim. 

Se você começasse hoje teria que aplicar R$ 788,00. Se você ganha R$ 1.500,00 iria lhe sobrar R$ 712,00. Se ganha R$ 2.000,00 sobraria R$ 1.212,00 e assim sucessivamente. Não tem problema se você não consegue aportar este valor hoje, o importante é começar mas a preferência é que você tenha uma renda que lhe permita aportar este valor sem prejudicar suas demais obrigações.


Logo abaixo segue uma tabela onde fiz uma simulação meia boca.


ANO
PROJEÇÃO
SALÁRIO ESTIMADO

SALDO REAL

INVESTIDO







2015
 R$       788,00
 R$                   788,00
 R$               9.993,81
 R$       12.305,00

           9.456,00
2016
 R$         77,00
 R$                   865,00
 R$             22.231,64


         10.380,00
2017
 R$         75,00
 R$                   940,00
 R$             36.972,72


         11.280,00
2018
 R$         80,00
 R$                1.020,00
 R$             54.597,94


         12.240,00
2019
 R$         85,00
 R$                1.105,00
 R$             75.536,49


         13.260,00
2020
 R$         90,00
 R$                1.195,00
 R$           100.272,00


         14.340,00
2021
 R$         90,00
 R$                1.285,00
 R$           129.286,02


         15.420,00
2022
 R$       100,00
 R$                1.385,00
 R$           163.247,99


         16.620,00
2023
 R$       105,00
 R$                1.490,00
 R$           202.848,85


         17.880,00
2024
 R$       100,00
 R$                1.590,00
 R$           248.740,34


         19.080,00
2025
 R$         95,00
 R$                1.685,00
 R$           301.656,86


         20.220,00
2026
 R$       110,00
 R$                1.795,00
 R$           362.679,59


         21.540,00
2027
 R$       105,00
 R$                1.900,00
 R$           432.773,20


         22.800,00
2028
 R$       130,00
 R$                2.030,00
 R$           513.405,16


         24.360,00
2029
 R$       115,00
 R$                2.145,00
 R$           605.721,75


         25.740,00
2030
 R$       110,00
 R$                2.255,00
 R$           711.141,47


         27.060,00
2031
 R$       125,00
 R$                2.380,00
 R$           831.516,37


         28.560,00
2032
 R$       130,00
 R$                2.510,00
 R$           968.806,54


         30.120,00
2033
 R$       150,00
 R$                2.660,00
 R$        1.125.410,92


         31.920,00
2034
 R$       180,00
 R$                2.840,00
 R$        1.304.159,50


         34.080,00
2035
 R$       160,00
 R$                3.000,00
 R$        1.507.607,08


         36.000,00






       442.356,00


Notem que eu lancei aumentos gradativos conforme o ano, na 1º coluna temos o ano, na 2º a projeção do valor do aumento e na 3º a soma dos dois. a 4º coluna se refere ao valor aportado em 12 vezes sem considerar os juros. Na somatória total chegamos a marca de R$ 442.356,00 aportados fora os juros. 

Não usei nenhuma formula para usar estas estimativas mas não acredito que o salário esteja acima dos 3k em 2035 dado ao histórico dos aumentos desde o ano 2000. Todos os salários que estão lançados nesta tabela são valores fictícios. 

Nesta próxima tabela temos os resultados deste investimento.

RENDIMENTO EM 20 ANOS COM 1% AO MÊS
 R$        1.507.607,08


JUROS MENSAIS
 R$             12.700,00


CONVERTIDO EM SALÁRIO MÍNIMO DE 2035
4,2
LUCRO LÍQUIDO
 R$        1.065.251,08
IMPOSTO DE RENDA
 R$           159.000,00
DEMAIS TAXAS
                  70.000,00
APORTE
                442.356,00
TOTAL REAL
             1.278.607,08
 DINHEIRO DE HOJE
 R$               3.300,00


Depois de 20 anos investindo apenas um salário mínimo e o corrigindo conforme aumento por parte do governo chegamos a marca bruta de R$ 1.507,607,00. Nada mal. Agora descontando os 15% do imposto de renda sobre o lucro e demais taxas chegamos a quantia líquida de R$ 1.278.607,00.
Se formos considerar o salário mínimo de R$ 3.000,00 em 2035 e tendo um rendimento de R$ 12.700,00 mês teremos uma média de 4,2 salários o que seria como se fosse R$ 3.300,00 no dinheiro de hoje, um valor razoável.

Notem que no 1º gráfico no campo saldo atual lancei o valor que disponho de patrimônio atualmente. Segundo a planilha tenho que fechar 2015 com R$ 9.993,00 e já estou com R$ 12.300,00. Ou seja, estou com 2mil a frente segundo as minhas estimativas.

Confrades,  é indiferente o aumento do salário mínimo ser maior ou menor, pois como o salário mínimo aumenta de acordo com a inflação teoricamente,  é só acompanhar e respeitar a margem dada pelo governo. Obviamente que seu salário também terá aumento e se você for um bom menino na empresa em que trabalha pode ganhar aumentos da própria empresa fora o que é concedido pelos sindicatos.

Cabe lembrar também que há muitas outras variáveis que não levei em consideração tipo 13º salário, férias, promoções, bônus, participação nos resultados, horas extras, acertos etc... Todos esses valores poderão entrar na sua aplicação. Você não precisa depositar fielmente apenas o valor do salário mínimo que está vigente, você pode aplicar o quanto você puder e achar necessário. O meu recado aqui é que se você aportar somente um salário mínimo terá estes valores em mãos de pois de 20 anos, agora imagina você guardando mais do que isso? não é uma maravilha?

E tem mais, todos sabem que com dinheiro na mão as oportunidades batem em nossa porta, agora imagine que daqui a uns 10 anos quando você tiver uma boa quantia aplicada meio que apareça uma excelente oportunidade de investimento seja um imóvel barato pois o dono está enforcado, seja um empreendimento? Você vai matar a pal. Tudo isso somado ao fato que eu fiz o tipo de calculo mais pessimista possível. Este é o pior cenário confrades, ou seja, pior que isso só se o país entrasse numa guerra mesmo. É dai pra melhor. 

Resumindo, o mínimo que você irá conseguir é ter o capital de mais de 1 milhão  e uma renda passiva  4 vezes superior ao salário mínimo que estiver sendo pago em 2035. Se esse é o mínimo que você conseguirá aportando somente um salário mínimo sem aplicar mais nada, Imagina aplicando mais do que isso!

Bom confrades, este será o meu plano, pretendo começar aportando um salário mínimo e já estou adiantado segundo minhas estimativas. Creio que mais para frente conseguirei aportar ainda mais e poderei desfrutar de uma aposentadoria mais tranquila talvez até antes dos 50. Vai funcionar?

Só o tempo dirá.

E falando do futuro porque não fechar com chave de ouro trazendo a música da banda aerosmith  que com uma bela mensagem mostra que devemos buscar nossos sonhos não importa onde eles estejam. 




Bons Juros!!!